Pontos de Exu

– CLIQUE AQUI PARA OUVIR –

Canto a Tranca Rua das Almas

De capa e cartola caminha na madrugada
Andarilho da estrada, sempre combatendo o mal
Seu Tranca Ruas é amigo camarada
Dando forte gargalhada, me livra de todo o mal
A laroiê Exu, a Mojubá
Melhor que Tranca Rua das Almas não há
Sete marafos coloquei na encruzilhada
Sete velas e charutos, também levei um padê
A meia noite chamei por seu Tranca Ruas
Ouvi forte gargalhada, ele veio me valer
A laroiê Exu, a Mojubá
Melhor que Tranca Rua das Almas não há
Faço um pedido no meio da encruzilhada
Pra Tranca Rua das Almas, antes do galo cantar
Se o galo canta, é sinal que ta na hora
Firma gira meu Ogã que Tranca Ruas vai embora
A loroiê Exu, a Mojubá
Melhor que Tranca Rua das Almas não há

Deu meia noite

Deu meia noite, a lua se escondeu
Lá na encruzilhada dando a sua gargalhada
Tranca Rua apareceu
É Laroê, laroê, é loroê
É Mojubá, mojubá, é mojubá
Ele é Odara dando a sua gargalhada
Quem têm fé em Tranca Rua
É só pedir que ele dá

Eu vi Exu dando gargalhadas

Eu vi Exu dando gargalhadas
Com tridente na mão, sua capa bordada
Com tridente na mão, sua capa bordada
Ele é Exu Tiriri
Morador lá da Kalunga, vem firmar seu ponto aqui

Portão de ferro, Cadeado de madeira

Portão de ferro, cadeado de madeira
Portão de ferro, cadeado de madeira
Exu toma conta, Exu preste a conta
Seu Exu feche a nossa Porteira
Seu Exu feche a nossa Porteira

Exu Tatá Caveira

Soltaram um bode preto meia noite na Kalunga
Soltaram um bode preto meia noite na Kalunga
Ele correu os quatro canto, foi parar lá na porteira
Bebeu marafo, com Tatá Caveira
Ele correu os quatro canto, foi parar lá na porteira
Bebeu marafo, com Tatá Caveira

Exu Gira Mundo

Girou, girou, girou Exu Gira Mundo
Girou, girou, pomba gira que vence demanda
Rainha da encruza, saravá Umbanda
Girou, girou, girou Exu Gira Mundo
Girou, girou, pomba gira que vence demanda
Rainha da encruza, saravá Umbanda
Eee saravá Umbanda, eea saravá Umbanda
Eee saravá Umbanda, eea saravá Umbanda
Girou, girou, girou Exu Gira Mundo
Girou, girou, pomba gira que vence demanda
Rainha da encruza, saravá Umbanda
Girou, girou, girou Exu Gira Mundo
Girou, girou, pomba gira que vence demanda
Rainha da encruza, saravá Umbanda
Eee saravá Umbanda, eea saravá Umbanda
Eee saravá Umbanda, eea saravá Umbanda

Exu Meia Noite

Deu meia noite na terra e mar
Deu no mato, na kalunga, em todo lugar
Seu Meia Noite não tem hora pra chegar
Quando chega meia noite, chega em qualquer lugar

Lá na encruzilhada

Lá na encruza, na encruza
Existe um homem valente
Com sua capa e cartola
E seu punhal entre os dentes, a madrugada
É madrugada, é madrugada
E ele esta do meu lado
Por isso eu te digo Tranca Ruas
Você é meu advogado

Exu Arranca Toco

Oh meu senhor das almas de mim não faça pouco
Oh meu senhor das almas de mim não faça pouco
Olha lá que ele é Exu, é Exu Arranca Toco
Olha lá que ele é Exu, é Exu Arranca Toco

Sem Exu não se faz nada

Exu da meia noite, Exu da encruzilhada
Salve o povo de Quimbanda
Sem Exu não se faz nada
Exu da meia noite, Exu da encruzilhada
Salve o povo de Quimbanda
Sem Exu não se faz nada

Seu Sete Catacumbas já chegou

Seu Sete Catacumbas já abriu sua tumba
Seu Sete Catacumbas já abriu e saiu
Gargalhou, gargalhou
Seu Sete Catacumbas já chegou
As almas eu adorei, atotô
As almas eu adorei, atotô

Sino da Igrejinha

O sino da igrejinha faz Belém blem blom
Deu meia noite o galo já cantou
Seu Tranca Rua que é dono da gira
Oi corre gira que Ogum mandou
O sino da igrejinha faz Belém blem blom
Deu meia noite o galo já cantou
Seu Tranca Rua que é dono da gira
Oi corre gira que Ogum mandou

casa espirita de oxossi

Anúncios