Alecrim

O alecrim (Rosmarinus officinalis) é um arbusto comum na região do Mediterrâneo e melhor se adapta em solos de origem calcária.
O nome alecrim é por vezes usado para referir outras espécies, nomeadamente o Lavandula stoechas, que possui exatamente o étimo rosmarinus. No entanto estas espécies de plantas, alecrim e rosmaninho, pertencem a dois gêneros distintos.
A medicina popular prega que o alecrim é um excelente estimulante às pessoas atacadas de debilidade, e combate febres intermitentes e a febre tifóide. Tosse constante desaparecerá com infusões de alecrim.
Também recomendado no tratamento de problemas digestivos. É ainda relaxante muscular, ativador da memória e fortalece os músculos do coração. Apresenta propriedades desinfetantes e aromáticas. Há quem propague a ideia de que ramos de alecrim deveriam ser dependurados em oficinas e áreas onde crianças fazem tarefas escolares para um melhor desempenho da memória.
O alecrim também é útil para tratar problemas de cabelo (inclusive a queda). Alem do seu alto teor em antioxidantes, esta planta ajuda a aumentar a circulação sanguínea, quando aplicada nas áreas capilares.
Uma infusão de alecrim faz-se com quatro gramas de folhas por uma chávena de água a ferver. Toma-se depois das refeições. Possui grande quantidade de hesperidina, um bioflavanóide com efeitos antinociceptivos comprovados contra gota.
Alecrim
*IMPORTANTE: As informações aqui apresentadas tem objetivo de divulgar esta cultura popular, não dispensa, em hipótese alguma, orientações médicas.
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s